Blog Cellpreserve

topomail.png

Cadastre-se e participe da nossa jornada!

Sexo na gravidez: não precisa ser um tabu pra você


Há muito tempo, talvez na época da sua mãe ou avó, já haviam algumas dúvidas sobre o sexo na gestação e como isso poderia afetar o bebê e a relação do casal. Porém, devido a tabus antigos, geralmente as perguntas permaneciam sem respostas.


Hoje já é possível fazer diferente e temos liberdade e empoderamento para buscar informações e compartilhar! E é isso que iremos fazer aqui: falar sobre mitos e verdades. Preparada?


  • O bebê sente a penetração

MITO: Um dos receios mais comuns entre casais é, justamente, achar que pode machucar o bebê ou que ele sentirá que “algo está acontecendo”, digamos assim. Podem ficar tranquilos, pois seu corpo está protegendo bem o bebê: além da placenta envolvendo o pequeno, a espessura do colo do útero chega a 5 cm, e é um tecido bem rígido, de forma que não há contato entre o pênis - ou brinquedo sexual - e a criança. A única percepção que seu bebê terá é da sua respiração ofegante e batimentos cardíacos acelerados, e isso não o afeta em nada!


  • Estimular os mamilos podem levar ao aborto

VERDADE: Quando esses estímulos acontecem, o organismo da mulher começa a produzir ocitocina, hormônio que entre muitas coisas, estimula contrações uterinas e a liberação de leite materno. Vale lembrar, no entanto, que a possibilidade do aborto ocorre principalmente em mulheres que já apresentem o risco durante a gravidez. Cheque informações aqui!


  • Parto normal altera o canal vaginal para sempre

MITO: Além do medo da dor, essa é uma das principais razões de algumas mulheres optarem pela cesariana. No entanto, informamos a você que o seu corpo é preparado naturalmente para o momento do parto vaginal: com a dilatação do colo do útero que chega a 10 cm, o crânio do bebê sendo “molinho”, para poder passar, além da elasticidade natural do seu canal vaginal. Fique tranquila, após o parto normal, tudo voltará ao normal com o tempo, não precisa se assustar!


  • Gravidez aumenta a libido

MITO: É mito porque depende muito de grávida para grávida! Algumas sentem um aumento do apetite sexual, outras sentem mais desconfortos e a libido diminui bastante, e ambos os casos são normais, tá bem? Isso acontece por conta das váááárias mudanças hormonais que acontecem no seu organismo. Sem pressão, o que você sentir está valendo!

  • A gravidez facilita atingir o orgasmo

VERDADE: A libido pode até diminuir, mas uma coisa que aumenta é a chance de atingir o orgasmo, veja só! Com o aumento da lubrificação vaginal - outra preparação natural do seu corpo para o parto normal - e a maior irrigação de sangue na área, seu corpo fica mais sensível ao prazer e por isso, pode ser mais fácil atingir o prazer do orgasmo. Se você está com a libido em alta, aproveite!


  • O sexo faz mal durante a gestação

MITO: O sexo é um ato completamente normal e saudável em qualquer situação de nossas vidas, e não seria diferente durante a gravidez. Se há vontade, a prática pode ser feita tranquilamente. Somente em alguns casos de mulheres que estão passando por uma gravidez de risco o médico pode orientar a suspensão das relações. Se não houver sangramentos no primeiro semestre ou inícios de trabalho de parto prematuros, não há porque não fazer sexo - a menos que você não sinta vontade, nesse caso, que tal aproveitar a relação a dois de outras formas? Um filme ou um jantar romântico podem ser bem prazerosos também.


  • Mesmo grávida, deve-se usar preservativo

VERDADE: Você deve estar com uma grande interrogação na mente agora, certo? Pois é. Além de contraceptivo, a camisinha serve também para evitar contaminações por ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis). Dessa forma, há proteção tanto para os pais quanto para o bebê, que poderia ser afetado por alguma infecção. Isso se aplica também à contaminação pelo Zika Vírus, já que a mulher pode contrair na relação sexual com parceiro contaminado!


De quebra, você pode evitar uma segunda gravidez que pode acontecer enquanto você está grávida! Embora seja muito raro, não é impossível acontecer, o nome da condição é superfetação, conheça mais sobre aqui!


  • Algumas posições são mais indicadas que outras

VERDADE: Dependendo do trimestre que você está, o peso e tamanho da barriga irão afetar seu conforto - não só sexual como de forma geral no dia a dia. Por isso, procure posições que sejam confortáveis para você e seu par, de forma que sua barriga tenha apoio, pois o principal disso tudo é vocês terem prazer e curtirem um momento a dois!


Esperamos que suas dúvidas sejam esclarecidas após esse texto e que você possa curtir sem preocupações, viu mamãe? Aproveite cada momento!

5 visualizações