top of page

Blog Cellpreserve

topomail.png

Cadastre-se e participe da nossa jornada!

Quer saber mais sobre Células-Tronco ou exames? 

Saiba como evitar estrias na gestação


A barriga da gestação é linda de se ver, não é, mamãe? De pouco em pouco surge uma enorme diferença do momento da descoberta até o momento do parto. É mais que normal se pegar admirando a barriga em frente ao espelho, sendo quase um ritual entre as mulheres grávidas. E esses detalhes também trazem uma percepção quase unânime entre as grávidas: o surgimento de estrias.

E por que as estrias surgem?

Estrias são muito similares a cicatrizes. Elas surgem quando a pele é esticada além da sua capacidade. Embora existam peles mais resistentes que outras, é muito comum que estrias apareçam especialmente nas grávidas. Afinal, a pele sendo o maior órgão do corpo, tem seu limite de elasticidade, e com o aumento rápido da barriga essas fibras da pele se rompem, formando as estrias.

Podem surgir nas coxas e quadris, nos seios - especialmente na época de amamentação - e barriga, e em diversos tamanhos. Quando elas surgem, apresentam coloração rosa, então tornam-se mais escuras, e após certo período a coloração das marcas fica mais clara que o tom da sua pele.

Hora da curiosidade: Mulheres mais novas e magras podem ter mais estrias durante a gestação, pois a pele delas costuma ser mais rígida. Da mesma forma, mulheres que já tiveram outras gestações podem desenvolver menos, pois o corpo reconhece os estiramentos de pele anteriores e trabalha para evitar que aconteça novamente.

Amenizando o surgimento das estrias

Embora a gravidez seja uma experiência linda e única, pode ser desconfortável para algumas mulheres encarar as mudanças definitivas que o processo de uma gestação trás para seus corpos. Essas dicas a seguir não garantem que as estrias não apareçam, mas certamente podem diminuir a quantidade e intensidade delas.

  • Hidratação em dobro

A hidratação não só vem de dentro como também pode ser aplicada por fora! Além da média de 2 litros de água que você deve ingerir por dia, recomenda-se que você hidrate ela pela manhã e à noite, preferencialmente após o banho e com cremes hidratantes que tenham óleos essenciais em sua composição. A água na sua pele proporciona melhor absorção do produto, garantindo assim que sua pele permaneça hidratada por mais tempo! Falando em banho, vamos para a dica número 2...

  • Cuidado com banhos quentes

O cuidado também deve estar presente na hora do banho, na temperatura d’água e nas práticas de cuidados durante o momento. Banhos quentes ressecam e irritam a pele, especialmente no inverno. O mais apropriado é um banho de água morna, ok mamãe? Ah! Sabonetes adstringentes podem ressecar sua pele com mais facilidade, portanto evite-os sempre que possível.

  • Olha o atrito!

Algumas regiões do corpo são mais sensíveis ao surgimento das estrias, e por isso deve-se ter atenção redobrada com o uso de buchas de banho, de preferência evitando-as. Atrito demais na pele já sensível pode remover camadas de proteção que facilitam a aparição das marcas. Também é importante evitar coçar estrias que estão nascendo, pois elas podem piorar a aparência.

E mais, caso seja do seu interesse: após a gestação, você tem opções de tratamentos estéticos! Verifique qual a opção mais indicada para seu caso junto a um esteticista de confiança e aproveite, ok?

Mas lembre-se que as estrias são parte do processo da gestação e completamente normais, certo? Você continua linda da mesma forma, com ou sem elas.


47 visualizações
Nipt.png

NIPT

pré-natal

não invasivo

O cuidado com a 
saúde do bebê,
começa na gravidez

parto_chegando_vrt.jpg

Agendamentos
contatos e informações sobre células-tronco e exames.

atende
Selecione uma opção:

Contato recebido.
Em breve você receberá o retorno de nossa equipe.

bottom of page