Funções Sociais e Linguísticas Básicas

 

 
Logo após o nascimento o som da voz humana é agradável. O choro, a primeira forma de se comunicar do bebê, representa a fome e o desconforto. A fala é uma evolução constante. 

6 semanas - Resposta à voz humana, emissão de sons de prazer e choro para chamar atenção e pedir ajuda.
2 meses - Começa a distinguir diferentes sons de fala, apresentando características propriamente ditas, como entonação, ritmo, tom, etc.
3 meses - Direciona a cabeça para a voz quando pronunciada, Emite respostas vocais à fala de outros e começa a balbuciar ou cantarolar sons silábicos com ritmo.
4 meses -  Começa a variar o tom das vocalizações e imita sons.
6 meses - Começa a imitar sons feitos por outras pessoas. Suas produções linguísticas lhe dão prazer.
9 meses - Começa a transmitir significado pela entonação, usando padrões que se assemelham às entonações dos adultos. Nessa fase, a criança vocaliza em ambientes silenciosos, ou demonstra intenção comunicativa, respondendo com balbucios às conversas começadas pelos adultos.
12 meses - Começa a desenvolver um vocabulário. Um bebê com 12 meses de idade possui vocabulário de cinco a dez palavras que irá dobrar nos próximos seis meses. Já compreende algumas palavras familiares, como mamãe, papai e nenê. Controla melhor suas vocalizações, sem tantos gritos.
18 meses - Acontece uma generalização para alguns campos semânticos, como por exemplo: todos os animais são chamados de "au-au". Já compreende mais as palavras ditas pelos adultos. Consegue emitir uma frase com dois elementos, como por exemplo: "Quer tetê!"
24 meses - O vocabulário se expande rapidamente e pode ter entre 200 e 300 palavras. Nomeia os objetos mais comuns de todos os dias e a maioria das expressões são palavras isoladas. Existem as primeiras flexões para o uso do plural, as negações e as interrogações.
36 meses - Possui um vocabulário de 900 a 1000 palavras. Constrói sentenças simples com 3 a 4 palavras (sujeito e verbo), como "Pedro quer pão". Realiza comandos de duas etapas, como "Pedro, pega a blusa da mamãe".Realiza flexões de gênero.Começa a usar pronomes e artigos.
4 anos - Possui vocabulário de mais de 1.500 palavras; faz muitas perguntas e as sentenças ficam mais complexas. A criança já se mostra criativa para fazer uso da língua que aprendeu. Comum apresentar erros na flexão dos verbos irregulares. Começa a fazer frases usando o tempo verbal no futuro.
5 anos - Normalmente, possui um vocabulário de cerca de 1.500 a 2.200 palavras. Discute sentimentos. Entre cinco e sete anos , a média indica habilidade de leitura lenta, mas fluente; a escrita provavelmente também é lenta nessa fase. Flexiona o verbo de forma correta.
6 anos - Fala com um vocabulário de aproximadamente 2.600 palavras; compreende de 20 mil a 24 mil palavras.
12 anos - Possui vocabulário de mais de 50 mil palavras.

Fonte: Coleção Fono na Escola (Dificuldades na Linguagem)

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square