Blog Cellpreserve

topomail.png

Cadastre-se e participe da nossa jornada!

Uma ajuda para mamães de primeira viagem

Atualizado: Jul 1



Antes de começarmos o texto, parabéns pela gravidez, mamãe! A maternidade é uma experiência e tanto, ainda mais quando é a primeira. São tantas mudanças, e nem começamos a falar das dúvidas que surgem na cabeça, afinal, sua vida irá mudar muito daqui pra frente, sem contar na nova vida que está vindo por aí.

Está preocupada por onde começar, né? Pois fique tranquila, pega um copo de suco pra refrescar e vamos às dicas que toda mamãe de primeira viagem deve saber!

1. Conheça o armazenamento de células-tronco

Além das decisões sobre como será o parto e, bem, todo o início da vida do bebê, uma questão que também deve ser levantada com antecedência é sobre o armazenamento de células-tronco do cordão umbilical do bebê. Essas células são valiosíssimas para a saúde do bebê, podendo ser usada em tratamentos de mais de 80 doenças que possam surgir na vida do pequeno no futuro. Aliás, aqui na Cellpreserve nós oferecemos o serviço, é só clicar aqui embaixo e conhecer mais!

Armazene com a Cellpreserve!

2. Encontre profissionais de confiança

Sabe aquela médica que atende sua família há vários anos e você confia completamente no serviço dela? Parece uma dica boba, mas toda mamãe pode garantir: O acompanhamento pré-natal feito com alguém que te passe segurança e conforto é, com certeza, uma ajuda enorme durante a gestação para tranquilizar você.

O mesmo vale para a maternidade, caso você opte por uma: conheça o local, faça visitas e conheça a equipe.

3. Planejamento de parto

“Cesárea ou normal? Devo contratar uma Doula?” As perguntas são muitas, assim como as possibilidades. Converse com seu especialista, entre em contato com outras mães e conheça a experiência delas, assim você poderá optar pelo que mais te agrada. Claro que assim como qualquer situação na nossa vida, planejamentos podem ser alterados de última hora, mas é importante que tudo esteja de acordo ou o mais próximo possível das suas preferências.

Dica de ouro: Doulas não são enfermeiras, nem parteiras, e sim, uma pessoa que irá te assistir e dar suporte emocional durante e após a gestação, e também durante o parto, caso opte pelo normal.

4. O vínculo entre mamãe e bebê

Existe essa expectativa em torno da gravidez, em que no momento que você vê seu bebê pela primeira vez, um amor sem tamanho toma conta de você. Na real, algumas mamães dizem não ser assim, mas fique calma: a insegurança e o medo do futuro podem deixar você apreensiva e não ver essa relação forte num primeiro momento, e está tudo bem, viu? O vínculo virá naturalmente, às vezes só precisa de um tempinho. Procure não se culpar por isso, você estará fazendo seu melhor!

5. Procure não se comparar com outras grávidas

Quando você ouve falar de gravidez, logo pensa nos grandes enjoos que muitas grávidas relatam, certo? No entanto, os sintomas da gestação não são regra pra todo mundo. Assim, mesmo que você conheça outras mães que tiveram muitas náuseas, você pode não sentir nenhuma, como você pode sentir muito cansaço enquanto outras podem ter tido mais disposição. É uma experiência muito pessoal até nos pequenos detalhes!

6. Se informe sobre amamentação

Pode parecer simples, mas tudo bem se você ficar insegura com a amamentação, pode ser um pouco complexo nos primeiros momentos mesmo. Por isso, é muito interessante pesquisar sobre técnicas de amamentação, para avaliar a que melhor te atenderá. Assim, você vai estar super preparada quando seu bebê estiver aqui fora, juntinho de você.

É possível também achar cursos que ajudam nessas dúvidas da maternidade. Além disso, por precaução, é bacana que você conheça como funcionam Bancos de Leite e fórmulas para amamentação, caso seja necessário no futuro.


7. E os limites?

Com toda certeza você sabe que as pessoas ao redor de uma gestante, especialmente das de primeira viagem, sempre tem um conselho pra oferecer. Essas situações podem se tornar cansativas, certo? Por isso, estabeleça seus limites com essas pessoas, sejam familiares ou amigos, e filtre o que pode ser realmente útil do que é apenas um comentário inoportuno. Confie, fazer isso vai te poupar muito cansaço e preocupação desnecessários.

Com essas dicas, é certo de você estar mais preparada para essa nova jornada! Falando nisso, que tal se inscrever na nossa jornada para gestantes, a Gravidez em 5? Assim, você vai ter conteúdos como esse e ficará super antenada no mundo da maternidade!


10 visualizações