Blog Cellpreserve

topomail.png

Cadastre-se e participe da nossa jornada!

Gravidez de semana a semana: informações e curiosidades



Nós juramos que o período com mudanças mais bruscas e inesperadas é a adolescência, certo, mamãe? Pois bem, aí é que você se engana. O nome desse período é gravidez e pode confiar, as mudanças podem não ser visíveis num primeiro momento, mas são tantas que podem te deixar tonta, até literalmente em alguns casos - cuidado com os enjoos e movimentos bruscos no início da gestação!

Para simplificar, essa parte será dividida entre os 3 trimestres da gestação, com cada semana alocada dentro do seu período.

Lembrete importante: Esse é um demonstrativo geral de semana a semana, ok? Especialistas informam que cada bebê tem seu tempo de desenvolvimento no útero.

1º Trimestre de gravidez

Semanas 1 a 4: Nesse início é onde a mágica acontece - mais precisamente, a fecundação! Surge então a combinação de DNA dos pais do bebê. Essa combinação origina então diversas células, que se encaminham para o útero, onde se alojam e começam a crescer, tornando-se um embrião, que futuramente será o bebê. O que também pode acontecer na quarta semana é a nidação: um pequeno sangramento que ocorre devido a fixação do embrião no útero. Esse sangramento não se assemelha à menstruação devido a quantidade e coloração, ok?

Semana 5: Por volta dessa semana é quando você percebe o atraso da sua menstruação e descobre a gravidez. O embrião está com 2 semanas de desenvolvimento e o tubo neural - que liga o cérebro à medula espinhal dele - está desenvolvido. Começam a surgir então órgãos como o coraçãozinho e rins. A quantidade de hormônios que trabalha no seu corpo para a gravidez seguir bem pode causar náuseas e vômitos em algumas mulheres.

Semana 6: Nesta semana seu bebê tem o tamanho de um pistache. Pequenos botões começam a surgir onde ficarão suas pernas, braços e orelhas, e seus olhos e nariz começam a se desenvolver também. Já é possível identificar os batimentos cardíacos dele na ultrassonografia! Algumas mamães já podem experienciar desconfortos com o útero crescendo, pois ele começa a pressionar sua bexiga e fazer com que a vontade de fazer xixi aumente consideravelmente.


Semana 7: Órgãos como intestino, fígado e estômago começam a surgir e se desenvolver. Seu coração bate cada vez mais forte. Ainda que você não sinta, devido ao seu tamanho pequeno, o bebê já está em constante movimento nessa fase da gestação!

Semana 8: Nessa semana todos os órgãos vitais já estão se desenvolvendo tranquilamente, e as feições do rosto como lábios, nariz e orelhas começam a assumir formas. As cólicas e dores no corpo aparecem com força total, então se você se sentir cansada. Saiba que é normal! Ainda é difícil visualizar detalhes na ultrassom, mas através de exames de sangue já é possível identificar o sexo do bebê. Você sabia que realizamos o exame de Sexagem Fetal aqui na Cellpreserve?

Semana 9: O peso do bebê está em 5 gramas, no máximo. Todas as partes do seu corpo já estão presentes, embora não completamente formadas. Músculos e ossos começam a crescer, e os brotos dos futuros dentinhos começam a surgir. O tamanho do bebê é similar a uma uva.

Semana 10: Seus órgãos sexuais estão quase completamente desenvolvidos e, embora eles se mexam muito, mas devido ao seu tamanho - aproximados 3 cm! - você não percebe esses movimentos ainda. Os enjoos que você sentiu durante esse período podem começar a dar uma trégua logo, logo.

Semana 11: Nas próximas semanas ele pode até mesmo dobrar de tamanho, e seus dedos das mãos e pés estão todos formados e com unhas. Nesse período, seu rosto pode começar a ficar mais redondo devido ao alto nível de progesterona no seu corpo. Entre essa semana e a 14ª é importante que você realize o exame de translucência nucal.

Semana 12: Nessa semana surgem os primeiros reflexos do bebê, especialmente o de sucção, super importante para a alimentação dele aqui fora com você! Cabelos começam a surgir e seu corpo começa a crescer mais rapidamente. Se você ainda está sentindo enjoos, converse com seu obstetra sobre formas de aliviar o sintoma.

Semana 13: Seu bebê já tem bexiga funcional que elimina o líquido amniótico que ele ingere no útero. Já é definitivamente notável a barriguinha da gravidez, e seu bebê já possui impressões digitais e se for uma menina, o bebê está começando a produzir seus óvulos!

2º Trimestre de gravidez

Semana 14: Chegamos ao segundo semestre, mamãe! Nessa semana, o bebê movimenta os dedos, pisca, faz caretas e até consegue chupar o dedo. Os cabelos continuam a se desenvolver e seu corpo começa a crescer mais que a cabeça. Se você estiver sem enjoos, pode ser a hora de aproveitar para fazer exercícios leves, pois costuma ser um período mais confortável para as mamães.


Semana 15: Você pode até não sentir, mas seu bebê já começa a soluçar nesta semana, um início do que virá a ser a respiração dele. O tamanho do bebê é similar ao de uma maçã e pesa cerca de 70 gramas, e ele também está desenvolvendo sensibilidade à luz e seu paladar. Aliás, sabia que estudos indicam que o sabor dos alimentos que você come atinge o líquido amniótico que o envolve?

Semana 16: Seu bebê agora começa a ter sistemas complexos funcionais, como o circulatório. Ele também descobre o primeiro brinquedo da vida, o cordão umbilical, e pode praticar seus movimentos de “pegar” com a mão.

Semana 17: Talvez você esteja sentindo movimentos na sua barriga, como um “peixinho nadando” ou uma “borboleta batendo asas” - são os movimentos do seu bebê! Mamães de primeira viagem podem levar mais um tempo para identificar esses movimentos, mas estão acontecendo. Também é o momento onde a barriga está aparente a ponto de não questionarem sua presença nas filas presenciais, aproveite!

Semana 18: Esse período é marcado pelo aumento de peso do bebê e seu. O bebê já é capaz de ouvir e sentir, ainda que só seu batimento cardíaco, mas logo mais ele estará ouvindo tudo que você fala para ele! Esse é o momento de cuidar com mais cuidado ainda da sua alimentação, mamãe, estamos quase na metade da gestação! A concentração de hormônios no seu corpo pode ocasionar o surgimento de algumas manchas ou espinhas nessa semana.

Semana 19: Nessa semana, seu bebê está desenvolvendo os sentidos como tato, olfato, visão…. e, se for uma menina, a produção de óvulos está a todo vapor! E você, mamãe, está na época ideal para começar a planejar um enxoval sem complicações, aliás, precisa de ajuda?

Semana 20: Parabéns pela metade da gestação! Atualmente, o bebê tem o tamanho próximo ao de um pimentão, seus braços e pernas estão formados e ele continua a ganhar peso. O bebê está envolto em vernix - uma camada oleosa que o protege da exposição prolongada ao líquido amniótico. Para você, pode ser daqui em diante que alguns desconfortos comecem a surgir, devido ao peso da barriga e às constantes idas ao banheiro.

Semanas 21 e 22: Nestas semanas, a audição do seu bebê está bem desenvolvida e em adaptação e ele já começa a se familiarizar com a sua voz! Aproveite para mostrar a ele suas músicas favoritas e conversar bastante, viu? Ah, você terá que fazer um exame de curva glicêmica em breve, para checar que não esteja desenvolvendo diabetes gestacional.

Semana 23: Seu bebê está começando a praticar a respiração para quando sair de dentro da sua barriga. A pele dele é fininha e a coloração só se estabelece definitivamente durante o primeiro ano de vida. Falando em pele, a sua pele pode estar apresentando mais maciez e brilho devido aos hormônios da gravidez. Aproveita e arrasa!

Semana 24: Estamos falando de uma criança com aproximadamente 500 gramas dentro de você, atualmente. Os olhos já abrem e fecham e começam a surgir os cílios. Lembra que mencionamos o sabor do líquido amniótico anteriormente? Pois agora ele sofre mais alterações ainda, já que as papilas gustativas estão se formando. Ah, bem vinda aos 6 meses de gestação!

Semana 25: Esperamos que o andamento do enxoval esteja indo bem, pois o grande dia está se aproximando! É possível assistir pequenos espetáculos do bebê durante as ultrassonografias, embora ele passe boa parte do dia dormindo. Continue seguindo as orientações alimentares do seu obstetra e nutricionista, especialmente agora nessa reta final!


Semana 26: Agora você definitivamente está sentindo os chutes e empurrões dele, pois seu corpo já tem força suficiente para causar impactos maiores. A média de tamanho de bebês nessa fase é de 36 cm. Falando em tamanho, você pode estar mais inchada nessa época por conta da retenção de líquidos e também do aumento gradual da barriga.

Semana 27: Última semana do segundo trimestre! O bebê já está gordinho, mas ainda irá ganhar peso até o momento de nascer, e atualmente ele tem o tamanho de uma couve-flor. Isso irá aumentar cada vez mais agora, pois ele começará a preencher todo o espaço disponível no útero. É comum nessa época o surgimento de hemorróidas, varizes e câimbras nas pernas, ok?

3º Trimestre de gravidez

Semana 28: Começamos então a reta final! Seu bebê já distingue noite do dia, pois consegue enxergar a luminosidade através da barriga. Suas unhas começam a crescer e esse é o momento em que as camadas de gordura começam a surgir, para prepará-lo para a vida aqui fora. É comum que por volta dessa época, vaze o colostro - primeiro leite materno - dos seus seios.

Semana 29: Atualmente, o bebê está pesando em torno de 1Kg, e estará tentando encaixar para o momento do nascimento mais adiante. Caso você esteja se sentindo incômodos com essa movimentação toda, experimente ficar deitada de pernas para o ar e usar meias elásticas para ajudar na circulação.

Semana 30: Seu bebê já possui mais sensibilidade à luz, e atualmente está “nadando” em cerca de 500ml de líquido amniótico. A partir daqui, suas consultas pré-natais passarão a ser quinzenais, e não mensais. Em alguns casos o seu médico pode solicitar acompanhamento semanal, mas isso varia de situação para situação.

Semana 31: Nessa fase, é possível ver o bebê bocejando no ultrassom, e ele ainda dorme bastante. Além disso, consegue pegar e puxar o cordão umbilical, assim como seus cabelos, quando os acha - com o tato, pois ainda não enxerga muita coisa dentro da barriga. Sua pressão deve ser acompanhada bem de perto, e fique atenta aos inchaços nas pernas nessas últimas semanas, ok mamãe?