Novo teste pré-natal não invasivo (NIPT)

está disponível em todo o país

Nível de Confiabilidade é de 99% da triagem da Síndrome de Down

O teste não invasivo em grávidas, conhecido como Harmony Test, já está disponível no Brasil. O exame realiza o teste de DNA fetal livre no sangue materno e pode ser feito a partir da 10ª semana de gestação. 

O nível de confiabilidade é de 99% para a triagem da Síndrome de Down (trissomia 21), 97% para Síndrome de Edwards (trissomia 18) e 92% para casos de Síndrome de Patau (trissomia 13). O exame também apresenta índices superiores a 80% de confiabilidade para as doenças dos cromossomos sexuais, tais como a Síndrome de Klinefelter e Síndrome de Turner, além de permitir a identificação do sexo do bebê ainda no início da gestação.

O ginecologista Eduardo Borges da Fonseca ressalta que esse exame é importante fazê-lo; “As trissomias são doenças genéticas que acontecem quando, ao invés de pares de cromossomos, o indivíduo desenvolve três cópias de um determinado cromossomo. Essa é a principal preocupação numa gravidez depois dos 35 anos”. Borges é um dos autores do artigo “Rastreamento de aneuploidias no primeiro trimestre de gestação: evolução da idade materna à avaliação do DNA fetal livre no sangue materno”, que será publicado na revista científica Femina.

A Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia recomenda que todas as mulheres, independente da idade, sejam submetidas a testes que permitam o diagnóstico das trissomias, a ciência está avançando ao oferecer testes não-invasivos, com menos riscos ao bebê. O Harmony Test proporciona uma excelente precisão de segurança e os benefícios também trazem aos pais, que podem acompanhar o crescimento do bebê com tranquilidade e qualidade da melhor forma possível.

“Os testes não-invasivos são mais seguros do que a biópsia de vilo cordial, ou seja, a biópsia de uma parte da placenta, ou do que a amniocentese, que é a coleta do líquido amniótico. Nestes testes invasivos mais tradicionais, uma em cada 100 mulheres corre o risco de abortar em decorrência desses procedimentos”, destaca o Dr. Borges.

O teste de DNA fetal livre no sangue materno, além de ser mais seguro, envolve tecnologia precisa e fornece uma ferramenta de triagem mais confiável, com menor índice de falsos-positivos, especialmente durante a investigação de cromossomopatias na gestação. “Os resultados falsos-positivos é o que mais desejamos evitar e ainda minimizaremos o estresse emocional dos pais com o teste de DNA fetal livre”, conclui Borges.

Fonte: http://www.oregional.com.br/2014/09/novo-teste-pre-natal-nao-invasivo-esta-disponivel-em-todo-o-pais_311950

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

(21) ​21020204  |  (21) 21020205
 

 

Av. das Américas, 3434 - Bl. 2 - Lj. 104 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ  |  CEP: 22640-102