EVOLUÇÃO DA EXPANSÃO DE CÉLULAS-TRONCO

Atualmente, a ciência busca assegurar o sucesso das terapias regenerativas com o aumento da quantidade de células-tronco por meio da expansão in vitro.

 

Protocolos bem sucedidos de expansão de células-tronco hematopoiéticas já têm sido empregados em estudos pré-clínicos e clínicos. 

A expansão celular (in vitro) é um procedimento de multiplicação de células realizado por meio do seu cultivo em condições ambientais ideais para obtenção de uma quantidade suficiente para utilização em procedimentos de pesquisa clínica e/ou tratamentos padronizados.
 
Existem atualmente 7 estudos clínicos nos EUA que avaliam a aplicação de células-tronco autólogas expandidas, incluindo a expansão das células do cordão umbilical, divulgados no site americano de ensaios clínicos “Clinical Trials”.
 
Cientistas do Fred Hutchinson Cancer Research Center, em Seatlle, nos Estados Unidos, estudaram uma proteína específica que permitiu a multiplicação em 150 vezes o número de células de um único cordão umbilical. A técnica utilizada permite reproduzir células com as mesmas funções originais, ou seja, com a capacidade de produzir os componentes do sangue.
 
Esse estudo de Seatlle, ao controlar um gen específico (o Noch), que é responsável pela diferenciação, mostrou ser possível expandir o número de células sem que elas perdessem suas características originais de células-tronco.

 

“Um estudo com 11 pacientes que sofriam de leucemia revelou que com as células expandidas o tempo de recuperação caiu de 26 para 14 dias”  Explica Colleen Delaney, médica assistente da divisão de pesquisa clínica do Fred Hutchinson Câncer Research Center. Ela espera reduzir a mortalidade associada à demora na recuperação de células no transplantado.

 

Um estudo sobre produção e expansão de células da linhagem eritróide,  a partir das células CD34+  de sangue do cordão umbilical humano, foi publicado por Baek e colaboradores com objetivo de ser uma alternativa devido à diminuição de doadores de sangue ou no caso de tratamento de pacientes com grupos sanguíneos raros.

No Brasil, o grupo do Dr. Pedro Bordeaux Rego, do Centro de Hemoterapia da Unicamp, publicou estudos com capacidade de expansão das células do cordão em até 17 vezes. O professor Stevens Rehn, diretor de pesquisas do Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ, acredita no avanço desse processo.
 
A Cellpreserve é parceira de projetos de pesquisa e desenvolvimento que visam avaliar o processo de expansão das células-tronco, como o do Laboratório de Terapias Celulares do Instituto de Biofísica da UFRJ, que em breve serão ampliados por meio de investimentos ainda mais volumosos.
 
A Cellpreserve investe no desenvolvimento de processos laboratoriais que permitam o aumento do número de células-tronco do cordão umbilical no seu laboratório através de bioreatores. A empresa entende que essas pesquisas são condizentes com o interesse de seus clientes, uma vez que ao aumentar a população dessas células, ampliamos ainda mais a sua utilização, como em casos que a família precise utilizar as células em mais de duas ocasiões. Por esse motivo preservamos as células em uma bolsa bipartida, o que permite a utilização em dois momentos distintos.
 
Além disso, a Cellpreserve é o único banco de células-tronco que já trabalha segundo as exigências internacionais impostas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) - que estabelece um ambiente apropriado para o cultivo (expansão celular) - uma vez que é o único laboratório em seu segmento a manipular as células em sala estéril, ambiente seguro que reduz a praticamente ZERO, as chances de contaminação das células preservadas.

 

 

 

Referências:

  • Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia - vol31, supl.1 São Paulo -Maio 2009- Expansão de Células-Tronco da Medula Óssea e do Sangue de Cordão Umbilical Humano.

  • Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia – vol 31, supl 1 São Paulo – Maio 2009 – Células-Tronco de origem Hematopoiética: Expansão e Perspectivas de uso terapêutico.

  • Baek EJ, Kim S, et al. In vitro clinical-grade generation of red blood cells from human umbilical cord blood CD34+ cells. Transfusion. 2008; publicado em 31 de junho.

  • http://clinicaltrials.gov/ct2/results?term=CD34%2B+expansion

 

Cellpreserve - Centro de Biotecnologia

Endereço: Av. das Américas, 3434 - Bl. 2 - Lj. 104 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ  |  CEP: 22640-102 

Tel.: (21) 3431 3700  

(21) 99959-4043

(31) 99614-0355 | (27) 998963453
0800 282 3700 

contato@cellpreserve.com.br

NOVIDADE

Teste de Compatibilidade Familiar

CELLPRESERVE

A Cellpreserve possui certificado do Conselho Federal de Medicina, aprovação da Vigilância Sanitária e importantes certificações nacionais e registro internacional como: ISO 9001, ONA E FDA que conferem maior rigor técnico no tratamento das amostras dos clientes. Clique e confira!

CERTIFICAÇÕES: