Células-tronco melhoram a vida de criança com Autismo

Nikoloz é um menino de 8 anos que vive na país da Geórgia. Seus pais armazenaram o sangue de seu cordão por causa da recomendação do obstetra. Após passar dois anos, os pais perceberam que algo não estava certo no desenvolvimento de Nicoloz: suas explosões emocionais eram frequentes, ele não conseguia falar palavras isoladas, tinha pouca atenção, ele não se comunicava com outras crianças e não demonstrava interesse por elas.

 

Quando Nicoloz completou três anos, ele foi diagnosticado com autismo infantil. O Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) é uma condição neuro-desenvolvimental com início precoce na vida. O comportamento de um portador de autismo consiste em comprometimento da comunicação social, comportamentos e atividades repetitivas, e interesses restritos. As causas podem ser de uma predisposição genética e outras vezes de exposições ambientais.

 

Após seu diagnóstico com autismo, Nicoloz foi submetido à terapia de Análise Aplicada do Comportamento (Applied Behavior Analysis - ABA). Este é um programa de treinamento intensivo que foi desenvolvido para ensinar habilidades importantes para a vida de crianças com autismo. Com a terapia, Nicoloz obteve pequenas melhorias com a ajuda da ABA, e conseguiu apenas falar três palavras corretamente.  

O estudo clínico

O Mardaleishvili Medical Center em Tibilisi, uma clínica com experiência no uso de células-tronco autólogas para lesão medular, está realizando um estudo clínico para tratar autismo infantil com sangue de cordão autólogo. Nikoloz foi inscrito no estudo junto com outras crianças, que receberam três injeções intratecais de suas próprias células-tronco do sangue do cordão, separadas por intervalos de 6 meses. A via de injeção intratecal envolve a passagem de uma agulha entre as vértebras da medula espinhal para entregar as células-tronco diretamente no líquido cefalorraquidiano (LCR) que circula ao redor do cérebro e da medula espinhal.

 

A injeção intratecal tem inúmeras vantagens para o fornecimento de terapia celular ao cérebro. Esta rota ultrapassa a barreira hematoencefálica e permite que o LCR (Líquido cefalorraquidiano) forneça as células onde quer que elas sejam necessárias - para todas as partes do córtex, cerebelo e sistema límbico - porque o LCR está em constante circulação pelo espaço subaracnóideo do cérebro e da medula espinhal cordão. Portanto, todas as células transplantadas atingem os locais danificados e, como resultado, podem ocorrer efeitos parácrinos mais fortes. Em comparação, quando as células são injetadas por via intravenosa, a maioria das células é filtrada do sangue pelos pulmões, baço e fígado, e as células restantes enfrentam a barreira hematoencefálica.

 

O número de células capazes de atingir o cérebro é importante para o sucesso da terapia. A Geocord armazena as células-tronco do cordão umbilical de seus clientes em quatro criotubos. Isso permite o transplante de pacientes várias vezes. Para o tratamento do autismo, nenhuma dose celular mínima foi estabelecida.

 

Resultado com baixa dosagem de células-tronco

O tamanho da dose utilizada para cada criança no estudo dependia do número de células disponíveis no sangue armazenado no cordão umbilical. A resposta das crianças foi monitorada usando a Escala Adaptativa de Comportamento de Vineland II, ADOS-2. Até o momento, este estudo descobriu que doses de células tão baixas quanto 68 milhões de células nucleadas por injeção mostraram efeito.

 

Melhora de Nikolz

 

 

Nikoloz mostrou melhora significativa após duas injeções. Seu vocabulário aumentou drasticamente até agora ele é capaz de falar praticamente todas as palavras e se comunica em frases curtas. Ele pode ler, escrever, pintar e resolver problemas aritméticos. Seu comportamento também melhorou, de modo que ele não apresente agressividade e nenhuma explosão emocional é mais relatada. Nicoloz agora freqüenta escola regular e estudos com um programa ligeiramente adotado. Os pais de Nikoloz sempre estiveram profundamente envolvidos na terapia e no treinamento de seus filhos. Eles agora sentem como se algum tipo de milagre tivesse acontecido por causa da melhoria da condição de seu filho. Na realidade, eles criaram para si este milagre, decidindo armazenar o sangue do cordão de Nikoloz.

Referência: parentsguidecordblood.org/en/news/nicoloz-story-autism-treatment-intrathecal-injection-autologous-cord-blood

Cellpreserve - Centro de Biotecnologia

Endereço: Av. das Américas, 3434 - Bl. 2 - Lj. 104 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ  |  CEP: 22640-102 

Tel.: (21) 3431 3700  

(21) 99959-4043

(31) 99614-0355 | (27) 998963453
0800 282 3700 

contato@cellpreserve.com.br

NOVIDADE

Teste de Compatibilidade Familiar

CELLPRESERVE

A Cellpreserve possui certificado do Conselho Federal de Medicina, aprovação da Vigilância Sanitária e importantes certificações nacionais e registro internacional como: ISO 9001, ONA E FDA que conferem maior rigor técnico no tratamento das amostras dos clientes. Clique e confira!

CERTIFICAÇÕES: